Liga da Justiça | Ray Fisher relata comportamento abusivo de Joss Whedon com elenco e equipe do filme

julho 01, 2020



O ator de “Liga da Justiça”, Ray Fisher, alegou que o tratamento do diretor Joss Whedon, no set de filmagens, foi: “bruto, abusivo, não profissional e completamente inaceitável”, com o elenco e equipe do filme. O ator, que interpretou Cyborg, também citou os produtores do longa, Geoff Johns e Jon Berg, como coniventes com a situação.

Fisher apresentou o relato em sua conta no Twitter, na mesma semana que a utilizou para retirar elogios dado ao diretor Whedon.

"O tratamento de Joss Wheadon no set do elenco e da equipe da Liga da Justiça foi grosseiro, abusivo, não profissional e completamente inaceitável. Foi permitido, em muitas maneiras, por Geoff Johns e Jon Berg. Responsabilidade > Entretenimento".

Após anos de protestos nas mídias sociais, a Warner Bros anunciou, oficialmente, que o corte da “Liga da Justiça”, do diretor Zack Snyder, será lançado pela HBO Max. Fisher teve diversas cenas como Cyborg/Victor Stone cortadas da versão que chegou aos cinemas e isso se confirmou com os diversos compartilhamentos de Snyder em suas redes sociais, que nos mostraram muito dessas cenas deletadas.

“Liga da Justiça Snyder Cut” chegará no streaming HBO Max em 2021.

Texto criado em 01/07/2020 | Publicado em Terraverso

É Andre, sem acento mesmo. Adoro implicar com a Marvel, então já sabe, se ficar bravo é pior.

Você pode gostar também

1 comentários

  1. Muita gente queria ter um emprego desse…trabalharia até de graça!!!!! valeu

    ResponderExcluir